27/08/2021 11:35

Edital do concurso Polícia Penal AL será republicado com reserva de 20% das vagas para pessoas com deficiência. Confira os detalhes!

O edital do concurso para Polícia Penal de Alagoas será republicado até o dia 17 de setembro. O prazo foi informado pelo secretário de Planejamento, Gestão e Patrimônio do Estado de Alagoas, Fabício Marques, em transmissão ao vivo nas redes sociais.

A republicação do edital será necessária por uma decisão judicial para inclusão de vagas para pessoas com deficiência. O novo documento terá reserva de 20% das oportunidades para PcDs, conforme determinou a justiça após Ação Civil Pública (ACP) ajuizada pelo Ministério Público Estadual.

As inscrições serão abertas somente para as pessoas com deficiência, por meio do site do Cebraspe, organizador do concurso. Os demais interessados não terão uma nova chance.

Segundo o titular da Seplag AL, quem tinha interesse na seleção já teve tempo o suficiente para se candidatar.

As provas objetivas do concurso Polícia Penal AL, marcadas inicialmente para o dia 22 de agosto, serão realizadas em dezembro de 2021. Essa data será válida para todos os concorrentes, incluindo os PcDs.

No total, a oferta é de 300 vagas para policiais penais (antigos agentes penitenciários), sendo 210 para homens e 90 para mulheres. A carreira tem como requisito o ensino superior completo em qualquer área. Os salários iniciais são de R$3.800.

Concurso Polícia Penal AL será composto por cinco etapas

Os concorrentes do concurso Polícia Penal AL serão avaliados por até cinco etapas: provas objetivas; teste de aptidão física (TAF); avaliação médica das condições de saúde física e mental; comprovação documental; e investigação social.

As avaliações objetivas, por sua vez, serão aplicadas nas cidades de Arapiraca e Maceió, em Alagoas. A prova será composta por 120 questões, sendo elas de:

Conhecimentos Gerais (30 questões)

  • Língua Portuguesa;

  • Atualidades;

  • Ética no Serviço Público;

  • Noções de Informática; e

  • Raciocínio Lógico.

Conhecimentos Complementares (30)

  • Execução Penal;

  • Noções de Direitos Humanos e Participação Social; e

  • Legislação Estadual.

Conhecimentos Específicos (60)

  • Direito Administrativo;

  • Direito Constitucional;

  • Direito Penal;

  • Direito Processual Penal;

  • Legislação Especial;

  • História Geral, de Alagoas e do Brasil; e

  • Geografia Geral, de Alagoas e do Brasil.

Para ser classificado será necessário obter nota igual ou superior a seis em Conhecimentos Gerais, a nove em Conhecimentos Complementares, a 18 na parte Específica e a 36 pontos no conjunto das provas objetivas.

Só serão convocados para o TAF os aprovados e classificados, na objetiva, até a 252ª posição para o sexo masculino e até a 108ª posição para o sexo feminino.

O TAF e as demais etapas do concurso serão aplicadas apenas na cidade de Maceió, capital de Alagoas. O exame contará com exercícios de:

  • abdominal supra tocando os cotovelos nos quadríceps;

  • barra fixa/isometria;

  • corrida de ir e vir (shuttle run);

  • corrida de 2.000m para masculino e 1.800m para feminino; e

  • natação de 25 metros em piscina.

Assim como o TAF, as datas e horários das demais etapas serão divulgados em editais a serem publicados pela banca. Depois da divulgação do resultado final, o concurso será homologado e ficará válido por um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

COMPRE SEU CURSO ONLINE CLICANDO NO LINK ABAIXO!

https://sacola.pagseguro.uol.com.br/41c77612-cdfc-407f-a389-4c21952464ed

 

FALE AGORA!
1
Posso ajudar?
Olá! Para falar com o SUPORTE agora via, WHATSAPP, clique em FALE AGORA ou se preferir envie e-mail para: ead@pontodosconcursos.net detalhando sua dificuldade!